De l’inconvenient d’être né

L’inconvenient d’être né (“O inconveniente de ter nascido”), publicado em 1973, é mais um livro de Cioran caracterizado pela escrita breve e fragmentária dos aforismos, no estilo dos Silogismos da Amargura. Em carta ao irmão Aurel escrita em 10 de novembro do mesmo ano, ele comenta sobre o livro: “Nem bom nem mau […] é um apanhado de reflexões e de anedotas, de um gênero ao mesmo tempo fútil e fúnebre”. Se nos livros anteriores — desde o primeiro no qual Cioran se definiu como um “especialista do problema da morte” — era a morte que recebia a culpa da desgraça humana, agora é o nascimento que ocupará, em vez daquela, o lugar central enquanto acontecimento funesto, o “inconveniente” por excelência. As reflexões deste livro vão de encontro ao tempo que se dilata infinitamente entre esses dois nadas que são o nascimento e a morte. [+]

Anúncios