A Mimesis Edizioni da Itália acaba de lançar 2 novas publicações sobre Cioran:

Dio e il Nulla. La religiosità atea di Emil Cioran, a cura di A. Di Gennaro e P. Giustiniani (2019).
Coletânea dos trabalhos apresentados no simpósio homônimo realizado em Nápoles, nos dias 15 e 16 de novembro de 2017, promovido pela seção San Tommaso d’Aquino da Pontificia Facoltà Teologica dell’Italia Meridionale, no âmbito de um projeto de pesquisa co-financiado pelo CEI. Artigos dos estudiosos que participaram do evento, em que se discutiu o fascinante e ao mesmo tempo controverso tema da religiosidade ateia de Cioran, tendo como ponto de partida a relação entre Deus e o Nada. [+]

Emil Cioran, L’insonnia dello spirito. Lettere a Petre Ţuţea (1936-1941), a cura di A. Di Gennaro, tr. it. di I. M. Chelariu (2019).
Bucareste, início dos anos 1930: é aqui, na “pequena Paris” dos Bálcãs, que o destino de Emil Cioran se cruza com o de Petre Țuțea, dando vida a uma amizade que desafiaria o curso dos acontecimentos e as vicissitudes pessoais. Expoentes de destaque da “Geração Criterion”, os dois pensadores romenos frequentavam cafés e círculos literários, impressionando por sua vivacidade intelectual e verve oratória. Reunindo as cartas enviadas por Cioran a Ţuţea durante o período de 1936-1941, e um apêndice com 4 cartas de Ţuţea a Cioran, o presente volume representa um precioso testemunho de uma relação à distância e explora a psicologia de dois autores que, não obstante os traumas cruéis produzidos no século XX, preservaram, um e outro, um sentimento de sincera amizade e de uma profunda nostalgia. [+]