Quando sofrerdes demasiado de entusiasmo, quando vos pesar o entusiasmo de viver e ante a explosão desordenada de vossa vida temerdes o suicídio, transformai vosso excesso de dor em vaticínio, canalizai em êxtases de vida as ondas transbordantes de vossa energia. Buscai nos dramas ocasiões para a sublimação, usai as tragédias como vias para a pureza, torturai-vos para acabar com a podridão que há em vós. Não sentis, irmãos, que todas essas dores buscam apaziguar-se? E não sentis que nossas feridas nos salvaram do veneno? Todo nosso ser estava em carne viva, pois seu interior era puro veneno. Não estais, irmãos, tomados por desejos de primaveras e nostalgias de serenidade? Não vos oprime com seu doce gozo a nostalgia de um mundo mais puro, com seus imensos céus abertos escancarados e harmonias desconhecidas? Não estremece vosso pensamento ante o pressentimento da felicidade que vos aguarda em outros mundos e não vos sentis iluminados ante a visão de umas dores sublimadas em cântico puro? Não quereis a grande mudança, a mudança nas entranhas de vosso ser? Não quereis um mundo onde da dor sorveríeis felicidade; da negação, êxtases; e do desespero, profecias? Não vos seduz um mundo no qual vossa superabundância inundasse com ondas acariciantes os desertos ocultos de vossa inanidade? Não vos atrai, irmãos, o apelo das serenidades, com suas imensidões mais cálidas e doces? Não se apodera de vós a nostalgia de distâncias, imensas como dores? Não podeis encontrar, por vosso desejo de pureza, um leito para vosso transbordamento?

CIORAN, Emil, O livro das ilusões. Trad. de José Thomaz Brum. Rio de Janeiro: Rocco: 2014.

Sugestões? Críticas? Contribuições? Deixe aqui o seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s