“A superioridade do homem sobre o animal está pois em ser suscetível de desesperar. […] Assim há uma infinita vantagem em poder desesperar, e, contudo, o desespero não só é a pior das misérias, como a nossa perdição.” (Kierkegaard, O Desespero humano)

*

“Não existem argumentos para viver. Quem chegou ao limite ainda pode recorrer a argumentos com causas, efeitos, considerações morais, etc.? É claro que não. Restam-lhe apenas motivos infundados para viver.. Nos cumes do desespero, só a paixão do absurdo ainda pode lançar uma luz demoníaca sobre o caos. Quando todos os ideais correntes, moral, estético, religioso, social, etc… não podem mais imprimir direção e finalidade à vida, como é possível mantê-la a fim de não se transformar em vácuo? Somente por meio de uma aliança absurda, de um amor pelo inútil absoluto, quer dizer, por algo que não possa atingir uma determinada consistência mas que, através da ficção, possa estimular uma ilusão de vida.” (Cioran, Nos cumes do desespero)

Publicado por:Portal E.M.Cioran/Br

Deixe aqui suas impressões, comentários e/ou críticas. Deja aquí sus impresiones, comentarios y/o críticas. Leave your impressions, comments and/or critiques here. Laissez ici vos impressions, commentaires et/ou critiques. Lăsați-vă impresiile, comentariile și sau recenziile aici. Lascia qui le sue impressioni, commenti e/o recensioni.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s