Gheorghe Lǎzar

Gheorghe Lazar, retrato anônimo, Museu Brukenthal, Sibiu

Gheorghe Lǎzar é um herói nacional romeno, um homem cujo esforço individual afetou o desenvolvimento da cultura de toda uma nação, mas sua própria história pessoal também é típica. De origens humildes — nasceu em Avrig, um vilarejo perto de Sibiu — ele ascendeu à classe média educando-se. Estudou Direito, Teologia e Filosofia em Cluj, e depois Matemática, História, Geografia e Filosofia em Viena. Um homem de grande erudição e ideias esclarecidas, retornou ao seu vilarejo nativo em 1809 e lecionou no Instituto Teológico Romeno de Sibiu. Suas ideias progressistas e revolucionárias, entretanto, levaram-no a perder sua posição de professor e exilar-se do outro lado da fronteira no velho Reino da Romênia. Lá, ele prosseguiu com suas atividades enquanto educador e em 1818 fundou, em Bucareste, o colégio Sfintul Sava (“Santo Sava”), a primeira escola do país em que o romeno era a língua oficial de instrução. Em 1821, ele participou da revolta dos romenos liderada por Tudor Vladimirescu contra os turcos; a derrota dos romenos deixaram-no cansado e próximo da morte. Em 1823, ele voltou à sua vila perto de Sibiu e morreu aos 44 anos de idade.

Ilinca ZARIFOPOL-JOHNSTON, Searching for Cioran (trad. por Rodrigo Menezes)

Anúncios