“Quand Léon Chestov bataillait contre les idées reçues dans une villa de Coppet” (Georges Nivat)

“Quand Léon Chestov bataillait contre les idées reçues dans une villa de Coppet” (Georges Nivat)

Le Temps, Suisse, 13 mai 2016 Un des plus fougueux penseurs russes du XXe siècle fête son 150e anniversaire. Il n’a cessé … Continuar lendo “Quand Léon Chestov bataillait contre les idées reçues dans une villa de Coppet” (Georges Nivat)

“La métaphore Camusienne : paradigme de l’étrangeté” (Sidi Mohamed Lakhdar Barka)

“La métaphore Camusienne : paradigme de l’étrangeté” (Sidi Mohamed Lakhdar Barka)

  Insaniyat / إنسانيات [En ligne], 43 | 2009, mis en ligne le 11 avril 2012, consulté le 24 mars 2018. URL : http://journals.openedition.org/insaniyat/763 ; … Continuar lendo “La métaphore Camusienne : paradigme de l’étrangeté” (Sidi Mohamed Lakhdar Barka)

“A morte de si: uma possível interpretação do suicídio através do Breviário de decomposição e d’O mito de Sísifo” (Luccas Stangler)

“A morte de si: uma possível interpretação do suicídio através do Breviário de decomposição e d’O mito de Sísifo” (Luccas Stangler)

Dissertação de graduação como requisito parcial para a obtenção do grau Bacharel em História, Curso de História da Universidade de … Continuar lendo “A morte de si: uma possível interpretação do suicídio através do Breviário de decomposição e d’O mito de Sísifo” (Luccas Stangler)

“A consciência é uma doença: pessimismo existencial em Camus, Unamuno e Cioran” (Joshua Foa Dienstag)

“A consciência é uma doença: pessimismo existencial em Camus, Unamuno e Cioran” (Joshua Foa Dienstag)

Do livro Pessimism: philosophy, ethic, spirit. Princeton/Oxford: Princeton University Press, 2006, pp 118-158. Tradução de Rodrigo Inácio Ribeiro Sá Menezes. * … Continuar lendo “A consciência é uma doença: pessimismo existencial em Camus, Unamuno e Cioran” (Joshua Foa Dienstag)