“Estado de Sítio”, peça de Camus sobre autoritarismo, chega ao Rio com direção de Gabriel Villela (Maria Luísa Barsanelli)

O GLOBO, 01/07/2019 RIO – “Estado de sítio”, peça de Albert Camus, é uma fábula sobre o totalitarismo repleta de simbolismos, com elementos da natureza que trazem e levam mazelas. Trata-se de uma alegoria das ditaduras que acometeram a Europa após a Primeira Guerra Mundial, mas os ventos descritos em 1948 pelo autor argelino bem…

Leia mais