“Schopenhauer e Cioran: variações sobre a temática da existência” (Maria Ivonilda da Silva Martins)

REVISTA LAMPEJO, nº 1 – 04/2012, p. 55-61. Resumo: Partindo da oposição de A. Schopenhauer à filosofia prática de I. Kant, procuraremos apresentar como Schopenhauer explica a existência humana, que é fundamentalmente marcada por uma negação da razão e, em última instância, negação da liberdade. Além disso, procuraremos apresentar brevemente a visão do filósofo romeno E.…

Leia mais