“Saudade et nostalgie de l’absolu chez Fernando Pessoa et Emil Cioran” (Paulo Borges)

“Saudade et nostalgie de l’absolu chez Fernando Pessoa et Emil Cioran” (Paulo Borges)

ANALE SERIA DREPT, volumul XXVI, 2017, Universitatea “Tibiscus” din Timișoara Title: Saudade and the Nostalgia of the Absolute in Fernando Pessoa’s … Continuar lendo “Saudade et nostalgie de l’absolu chez Fernando Pessoa et Emil Cioran” (Paulo Borges)

“Silêncio, de Scorsese: ateísmo irônico, caridade, solidariedade” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Silêncio, de Scorsese: ateísmo irônico, caridade, solidariedade” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Um inimigo é tão útil quanto um Buda.” — Como eu compreendo isso! Devo aos meus inimigos o fato de … Continuar lendo “Silêncio, de Scorsese: ateísmo irônico, caridade, solidariedade” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Ser ateu graças a Deus, ou de como ser pobre é não haver menos que o infinito: a-teísmo, a-teologia e an-arquia mística em Meister Eckhart” (Paulo Borges)

“Ser ateu graças a Deus, ou de como ser pobre é não haver menos que o infinito: a-teísmo, a-teologia e an-arquia mística em Meister Eckhart” (Paulo Borges)

Eliade me disse que seu professor de filosofia, Dasgupta, que escreveu a maior história da filosofia hindu em inglês, lhe … Continuar lendo “Ser ateu graças a Deus, ou de como ser pobre é não haver menos que o infinito: a-teísmo, a-teologia e an-arquia mística em Meister Eckhart” (Paulo Borges)