“Cioran é herdeiro dos céticos, de Nietzsche a Dostoiévski” (Cássio Starling Carlos)

Caderno Mais!, Folha de São Paulo, 17 de fevereiro de 1995 Se é correto, como afirmam a maioria dos seus exegetas, filiar o filósofo E.M. Cioran à corrente dos chamados pessimistas e dos céticos, o romeno seria herdeiro de uma linhagem tão antiga quanto o próprio pensamento. Pregadores de uma verdade absoluta capaz de resistir…

Leia mais

“A insônia da razão”: Entrevista com Michael Jakob

Emil Cioran, o filósofo do desespero e do não-sentido da existência, fala sobre sua trajetoria intelectual em entrevista a sair este ano na França. Em 17 de fevereiro de 1995, o extinto caderno Mais! da Folha de São Paulo faria um dossiê sobre Cioran, pouco antes de seu falecimento. A matéria saiu a título do…

Leia mais