Sobre Revelação e Revolução, religiões utópicas e utopias políticas (E.M. Cioran)

Sobre Revelação e Revolução, religiões utópicas e utopias políticas (E.M. Cioran)

Muitas vezes o reacionário é apenas um sábio habilidoso, um sábio interesseiro que, explorando politicamente as grandes verdades metafísicas, vasculha … Continuar lendo Sobre Revelação e Revolução, religiões utópicas e utopias políticas (E.M. Cioran)

“Utopia como Religião: Uma Proposta de Avanço da Crítica Austríaca aos Anseios da Escatologia Socialista” (Yago Martins)

“Utopia como Religião: Uma Proposta de Avanço da Crítica Austríaca aos Anseios da Escatologia Socialista” (Yago Martins)

MISES: Revista Interdisciplinar de Filosofia, Direito e Economia ISSN 2318-0811 Volume V, Numero 1 (Edi¢ao 9) Janeiro-Junho 2017: 147-165 RESUMO: … Continuar lendo “Utopia como Religião: Uma Proposta de Avanço da Crítica Austríaca aos Anseios da Escatologia Socialista” (Yago Martins)

“Francisco Sánchez, el Escéptico. Breve historia de un filósofo desenfocado” (Rafael V. Orden Jiménez)

“Francisco Sánchez, el Escéptico. Breve historia de un filósofo desenfocado” (Rafael V. Orden Jiménez)

FUNDACIÓN IGNACIO LARRAMENDI, Madrid, 2012 Francisco Sánchez, un filósofo de disputada procedencia El autor de la obra escéptica más intransigente … Continuar lendo “Francisco Sánchez, el Escéptico. Breve historia de un filósofo desenfocado” (Rafael V. Orden Jiménez)

“Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” (José Thomaz Brum)

“Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” (José Thomaz Brum)

O Globo, 20 de janeiro de 1996 A filosofia de Cioran não constitui uma arquitetura abstrata de conceitos ideais. Meditação … Continuar lendo “Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” (José Thomaz Brum)