“Cioran, ant√≠poda de Arist√≥teles” (Rodrigo In√°cio R. S√° Menezes)

“Cioran, ant√≠poda de Arist√≥teles” (Rodrigo In√°cio R. S√° Menezes)

ARIST√ďTELES, Tom√°s de Aquino, Hegel ‚Äď tr√™s escravizadores do esp√≠rito. A pior forma de despotismo √© o sistema, em filosofia e em tudo. (Do … Continuar lendo “Cioran, ant√≠poda de Arist√≥teles” (Rodrigo In√°cio R. S√° Menezes)

“O Te√≠smo como Solu√ß√£o do Problema Cosmol√≥gico: sobre uma monografia acad√™mica sem data” (Rodrigo In√°cio R. S√° Menezes)

“O Te√≠smo como Solu√ß√£o do Problema Cosmol√≥gico: sobre uma monografia acad√™mica sem data” (Rodrigo In√°cio R. S√° Menezes)

Continuar lendo ““O Te√≠smo como Solu√ß√£o do Problema Cosmol√≥gico: sobre uma monografia acad√™mica sem data” (Rodrigo In√°cio R. S√° Menezes)”

“Acerca do budismo, Cioran e filosofia ocidental” (Paulo Borges)

“Acerca do budismo, Cioran e filosofia ocidental” (Paulo Borges)

CV – Em que medida um melhor conhecimento da filosofia oriental contribui para a transforma√ß√£o da reflex√£o filos√≥fica da tradi√ß√£o … Continuar lendo “Acerca do budismo, Cioran e filosofia ocidental” (Paulo Borges)

“Como a pol√≠tica √© uma quest√£o de logos” (Barbara Cassin)

“Como a pol√≠tica √© uma quest√£o de logos” (Barbara Cassin)

O paradoxo come√ßa a se explicar quando aceitamos regredir, para aqu√©m de nossas ant√≠teses modernas (democracia/conservadorismo, revolu√ß√£o/rea√ß√£o), √† pr√≥pria constitui√ß√£o … Continuar lendo “Como a pol√≠tica √© uma quest√£o de logos” (Barbara Cassin)