Sobre Revelação e Revolução, religiões utópicas e utopias políticas (E.M. Cioran)

Muitas vezes o reacionário é apenas um sábio habilidoso, um sábio interesseiro que, explorando politicamente as grandes verdades metafísicas, vasculha … Continuar lendo Sobre Revelação e Revolução, religiões utópicas e utopias políticas (E.M. Cioran)

“Filosofia e mística em Simone Weil” (Maria Clara Lucchetti Bingemer)

Revista CULT, no. 64, 2002 (edição especial “Cristianismo e modernidade”) A pensadora francesa que viveu os dilaceramentos da Segunda Guerra … Continuar lendo “Filosofia e mística em Simone Weil” (Maria Clara Lucchetti Bingemer)

“Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

Ingenium. Revista Electrónica de Pensamiento Moderno y Metodología en Historia de las Ideas, Universidad Complutense de Madrid, España, 2016 Resumen … Continuar lendo “Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

Café filosófico: “As vertigens da razão e o mistério da fé. Kierkegaard e Pascal” (Franklin Leopoldo e Silva)

Pascal e Kierkegaard, que viveram tempos muito distintos da história da Europa, partilhavam a experiência radical de uma razão que, … Continuar lendo Café filosófico: “As vertigens da razão e o mistério da fé. Kierkegaard e Pascal” (Franklin Leopoldo e Silva)

“Steve Bannon, cardeal Burke, ministro Salvini e o complô para derrubar o Papa Francisco” (Barbie Latza Nadeau)

Revista IHU On-line, 21 de junho de 2018 “Pode-se supor que Francisco está perguntando o que Jesus faria pelo bem da humanidade. … Continuar lendo “Steve Bannon, cardeal Burke, ministro Salvini e o complô para derrubar o Papa Francisco” (Barbie Latza Nadeau)

Um místico sem absoluto: “Cioran, l’hérétique”, de Patrice Bollon (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

A biografia crítica de Patrice Bollon, Cioran, l’hérétique (1997) não acrescenta muita coisa, no que concerne ao tema da religião … Continuar lendo Um místico sem absoluto: “Cioran, l’hérétique”, de Patrice Bollon (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“O visitante de um mundo abandonado pelo seu demiurgo: Sylvie Jaudeau e o gnosticismo ateu de Cioran (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

As nossas fontes gnósticas, por mais distantes que pareçam, não deixam de inspirar ainda a nossa literatura. Menos de uma … Continuar lendo “O visitante de um mundo abandonado pelo seu demiurgo: Sylvie Jaudeau e o gnosticismo ateu de Cioran (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Chestov e a exceção monoteísta, ou peixes morrem afogados” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

Satã, anjo decaído transformado em demiurgo, encarregado da Criação, insurge-se contra Deus e revela-se, neste mundo, mais à vontade e … Continuar lendo “Chestov e a exceção monoteísta, ou peixes morrem afogados” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)