“Gnosticismo e Niilismo em Hans Jonas: o pneumáticos gnóstico enquanto primórdio do ‘indivíduo autêntico’ existencialista” (Renzo Nery)

“Gnosticismo e Niilismo em Hans Jonas: o pneumáticos gnóstico enquanto primórdio do ‘indivíduo autêntico’ existencialista” (Renzo Nery)

intuitio – Revista do PPG em Filosofia da PUC-RS Resumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar alguns aspectos relacionais … Continuar lendo “Gnosticismo e Niilismo em Hans Jonas: o pneumáticos gnóstico enquanto primórdio do ‘indivíduo autêntico’ existencialista” (Renzo Nery)

“A interpretação analógica das relações entre niilismo gnóstico e niilismo existencialista segundo Hans Jonas” (Jelson R. de Oliveira)

“A interpretação analógica das relações entre niilismo gnóstico e niilismo existencialista segundo Hans Jonas” (Jelson R. de Oliveira)

SÍNTESE – Revista de Filosofia, vol. 41, no. 129 (2014), pps. 101-127. Resumo: Pretende-se examinar as principais teses da análise … Continuar lendo “A interpretação analógica das relações entre niilismo gnóstico e niilismo existencialista segundo Hans Jonas” (Jelson R. de Oliveira)

“O absurdo e a revolta em Camus” (José João Neves Barbosa Vicente & Frances Deizer Gontijo)

“O absurdo e a revolta em Camus” (José João Neves Barbosa Vicente & Frances Deizer Gontijo)

TRÍAS – Revista eletrônica online de Filosofia, História, Literatura e Ciências Sociais, nº 3 (2º semestre de 2011) RESUMO: O presente artigo propõe analisar … Continuar lendo “O absurdo e a revolta em Camus” (José João Neves Barbosa Vicente & Frances Deizer Gontijo)

Resenha: “Schopenhauer, niilismo e redenção”, de Eli Vagner Francisco Rodrigues (por Cláudia Franco Souza)

Resenha: “Schopenhauer, niilismo e redenção”, de Eli Vagner Francisco Rodrigues (por Cláudia Franco Souza)

VOLUNTAS – Estudos sobre Schopenhauer, vol. no. 1, 2017 Livro: RODRIGUES, Eli Vagner Francisco. Schopenhauer, niilismo e redenção. Campinas: Editora … Continuar lendo Resenha: “Schopenhauer, niilismo e redenção”, de Eli Vagner Francisco Rodrigues (por Cláudia Franco Souza)

“Aquele que diz sim, aquele que diz não: religiosidade e heresia” (Marília Fiorillo)

“Aquele que diz sim, aquele que diz não: religiosidade e heresia” (Marília Fiorillo)

Revista Estudos de Sociologia, v. 18, n. 34 (2013 RESUMO: Imaginação e religião entronizada são antitéticas. O dogma, cerne das … Continuar lendo “Aquele que diz sim, aquele que diz não: religiosidade e heresia” (Marília Fiorillo)

“Utopia como Religião: Uma Proposta de Avanço da Crítica Austríaca aos Anseios da Escatologia Socialista” (Yago Martins)

“Utopia como Religião: Uma Proposta de Avanço da Crítica Austríaca aos Anseios da Escatologia Socialista” (Yago Martins)

MISES: Revista Interdisciplinar de Filosofia, Direito e Economia ISSN 2318-0811 Volume V, Numero 1 (Edi¢ao 9) Janeiro-Junho 2017: 147-165 RESUMO: … Continuar lendo “Utopia como Religião: Uma Proposta de Avanço da Crítica Austríaca aos Anseios da Escatologia Socialista” (Yago Martins)

“Francisco Sánchez, el Escéptico. Breve historia de un filósofo desenfocado” (Rafael V. Orden Jiménez)

“Francisco Sánchez, el Escéptico. Breve historia de un filósofo desenfocado” (Rafael V. Orden Jiménez)

FUNDACIÓN IGNACIO LARRAMENDI, Madrid, 2012 Francisco Sánchez, un filósofo de disputada procedencia El autor de la obra escéptica más intransigente … Continuar lendo “Francisco Sánchez, el Escéptico. Breve historia de un filósofo desenfocado” (Rafael V. Orden Jiménez)

“Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

“Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

Ingenium. Revista Electrónica de Pensamiento Moderno y Metodología en Historia de las Ideas, Universidad Complutense de Madrid, España, 2016 Resumen … Continuar lendo “Descartes, Bayle y el escepticismo académico. A propósito de una objeción de Cicerón” (Fernando Bahr)

“O visitante de um mundo abandonado pelo seu demiurgo: Sylvie Jaudeau e o gnosticismo ateu de Cioran (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“O visitante de um mundo abandonado pelo seu demiurgo: Sylvie Jaudeau e o gnosticismo ateu de Cioran (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

As nossas fontes gnósticas, por mais distantes que pareçam, não deixam de inspirar ainda a nossa literatura. Menos de uma … Continuar lendo “O visitante de um mundo abandonado pelo seu demiurgo: Sylvie Jaudeau e o gnosticismo ateu de Cioran (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)