“Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” (José Thomaz Brum)

“Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” (José Thomaz Brum)

O Globo, 20 de janeiro de 1996 A filosofia de Cioran não constitui uma arquitetura abstrata de conceitos ideais. Meditação … Continuar lendo “Cioran não ficou imune aos equívocos políticos, o pecado original dos filósofos” (José Thomaz Brum)

“O Homem-Massa e o Homem-Fragmento. Cioran em diálogo com Ortega y Gasset” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“O Homem-Massa e o Homem-Fragmento. Cioran em diálogo com Ortega y Gasset” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

O experimento homem fracassou. Encontra-se em um beco sem saída, enquanto que um não‑homem é mais: uma possibilidade. Olha fixamente nos olhos de … Continuar lendo “O Homem-Massa e o Homem-Fragmento. Cioran em diálogo com Ortega y Gasset” (Rodrigo Inácio R. Sá Menezes)

“Literature and literary criticism according to an ‘incomplete disbeliever’, Emil Cioran” (Magda Wächter)

“Literature and literary criticism according to an ‘incomplete disbeliever’, Emil Cioran” (Magda Wächter)

STUDIA UBB PHILOLOGIA, LXII, 1, 2017, p. 265 – 272. ABSTRACT. Literature and Literary Criticism according to an “Incomplete Disbeliever”, … Continuar lendo “Literature and literary criticism according to an ‘incomplete disbeliever’, Emil Cioran” (Magda Wächter)

“An epistolary dialogue between East and West: Cioran-Noica, 1957” (Rodica Brad)

“An epistolary dialogue between East and West: Cioran-Noica, 1957” (Rodica Brad)

The Proceedings of the International Conference Globalization, Intercultural Dialogue and National Identity, Volume no. 1, 2014 Conference date: 29-30 May 2014 Location: Tîrgu-Mureş, … Continuar lendo “An epistolary dialogue between East and West: Cioran-Noica, 1957” (Rodica Brad)

“Cioran e a antropologia apocalíptica” (Amelia Natalia Bulboacă)

“Cioran e a antropologia apocalíptica” (Amelia Natalia Bulboacă)

Publicado originalmente em Cioran, archives paradoxales, tomo II. Paris: Éditions Garnier, 2015, p. 181-193. Em seu primeiro livro, Nos cumes do … Continuar lendo “Cioran e a antropologia apocalíptica” (Amelia Natalia Bulboacă)

“Há uma poética da desnaturação em Cioran”: Entrevista com Mihaela-GenÅ£iana Stănişor

“Há uma poética da desnaturação em Cioran”: Entrevista com Mihaela-GenÅ£iana Stănişor

Mihaela-GenÅ£iana Stănişor é romena, filóloga de formação, com especialização nos idiomas romeno e francês. Obteve seu doutorado em 2005 com … Continuar lendo “Há uma poética da desnaturação em Cioran”: Entrevista com Mihaela-GenÅ£iana Stănişor

“O monge que achou a liberdade na prisão” (Antonio Gonçalves Filho & Felipe Cherubin)

“O monge que achou a liberdade na prisão” (Antonio Gonçalves Filho & Felipe Cherubin)

O Estado de S.Paulo – 16 de janeiro de 2010   Sai no Brasil O Diário da Felicidade, livro do pensador … Continuar lendo “O monge que achou a liberdade na prisão” (Antonio Gonçalves Filho & Felipe Cherubin)